Espanha '21 (parte #5) - Saragoça, Bilbao e San Sebastian



Dia 23 de Agosto (dia #11 de viagem)


Tal como referimos no post da parte 4 desta Spanish Roadtrip, tentamos minimizar o impact dos 611km e as 6h de viagem entre Barcelona e Bilbao, fazendo uma paragem breve (~3h) a meio caminho, em Saragoça, capital da região de Aragão. Parámos para almoçar, para conhecer o centro da cidade e relaxar um pouco. É um excelente truque para ajudar a passar os dias com viagens maiores. É uma cidade cheia de história, e que merece um regresso.


O regresso dos nossos amigos... os Pombos!

Essa paragem teve um episódio particular, que foi a origem da expressão utilizada até ao final das férias: "coloms caguen a la rita".

Sim, é o que imaginam. A Rita estava à porta de uma loja, enquanto uns amigos nossos compravam algo no interior, quando foi surpreendida (se é esta a palavra correta) por litros de cocó de pombo (a Rita jura que foi uma cegonha gigante). Litros. Apanhou cabelo, cara, mala, blusa, braço… Bem, após segundos de horror estampado nos olhos (graças a Deus que estava de máscara na boca), seguiu-se todo um processo de limpeza em plena rua. O Pedro voou na procura de guardanapos dentro de um restaurante, a Mariana forneceu a água, graças à garrafa que a acompanhava sempre, a Ana limpava como podia, a Rita… bem, entre vontade de vomitar e começar a retirar o que estava sujo, acaba por retirar mesmo a blusa e ficar em soutien em plena rua de saragoça. Como ela diz, não usam bralettes? Pois é assim que estou, de bralette. E pronto. Foi toda determinada ao parque de estacionamento trocar de roupa. Antes, despejou um frasco de álcool gel em cima, seguindo-se de uma embalagem inteira de after sun. Ficou impecável.

Energias recarregadas e fotos tiradas, foi hora de fazer a segunda parte da viagem até Bilbao.


Uma confirmação

Chegamos a Bilbao bem a horas de visitar, a pé claro, a área mais antiga da cidade (o Casco Velho), à noite, e comermos uns pintxos. Tinham-nos dito que iríamos adorar Bilbao. A primeira impressão foi fantástica. A caminho do casco velho, encontrámos a Biblioteca Foral de Bizkaia e ficamos de queixo em baixo. Apenas maravilhosa. Decidimos que queríamos conhecê-la por dentro e planeamos ir no dia seguinte de manhã.

Apesar de termos tido alguma dificuldade em sentarmo-nos para comer (ora estava com fila, ora estava a fechar), a primeira noite em Bilbau foi... uma boa surpresa, muita luz e cor, e acabámos por encontrar boa comida e manter a boa disposição.




Dia 24 de Agosto (dia #12 de viagem)


Dia de explorar a maravilhosa cidade de Bilbau…a pé.

De manhã no casco velho da cidade e à tarde num dos museus mais famosos do mundo, o Guggenheim. O casco velho é muito giro. Ruas estreitas, arte nas paredes, o rio a ladear as "siete calles", o mercado, a catedral... enfim, muito giro.



Depois do almoço, seguimos a pé para o Guggenheim. Já tinhamos ouvido falar muito, mas acho que ninguém estava preparado para o banho de arte que levámos. Lindo.

Foram horas perdidos naquelas salas cheias de arte e cultura. Especialmente interessante para nós, pais, foi ver a forma como a Mariana (já com 18) apreciou as várias técnicas de pintura que encontrou. Os museus têm desconto para estudantes, pelo que é importante levaram os cartões de estudante e o cartão de cidadão quando vão comprar os bilhetes. Pagamos 18€ cada um e as miudas... nada!


No final da tarde, deu tempo ainda para uma visita ao mítico estádio do Athleti... o San Mamés. Ao jantar, estava difícil conjugar uma série de fatores... encontrar algo aberto, com vontade de nos servir a todos e que agradasse ao grupo todo. Mas no final, correu tudo bem. Encontrámos o restaurante certo, com as pessoas certas, simpáticas, flexíveis para solucionarem uma opção vegetariana e uma excelente comida.



Dia 25 de Agosto (dia #13 de viagem)


Artxanda

Dividimos o dia entre Bilbao (de manhã) e San Sebastian (à tarde e noite). Logo de manhã, seguimos ao longo do rio Nérvion até ao funicular de Artxanda. É um teleférico que sobe até ao alto do cume do monte de Artxanda e que nos oferece uma vista lindíssima sobre a cidade. O bilhete custa ~3€ e é comprado no local. Está sempre a partir um teleférico a cada 15 minutos.

Lá em cima, 3 coisas chamaram a nossa atenção: a vista, o "muro" feito de letras com a palavra Bilbao, ora em castelhano, ora em basco, e a escultura de uma impressão digital.


San Sebastian

Depois do almoço, seguimos para San Sebastian, onde fizemos um belo fim de tarde na praia de La Concha. Aquele passeio que acompanha a baía de Biscaia é lindo. Uma das praias urbanas mais famosas de Espanha.

Estendemos bem o dia, bebemos umas cañas na praia, rimo-nos com a maré a subir e a molhar os pertences da malta mais distraída, encontramos uma família de Portugueses, enfim, que bela tarde.



À noite, jantámos e passeamos pela parte velha onde lojas de luxo convivem com bares e restaurantes de pintxos... alguns com estrelas Michelin. Comemos bem, muito bem, queimámos calorias deambulando pelas ruas cheias de gente e animação, e regressamos ao hotel de alma cheia e prontos para a próxima aventura.



Dia 26 de Agosto (dia #14 de viagem)


Dia de Viagem. Dia de sair em direção à nossa última etapa, Madrid. São ~400 km entre Bilbao e Madrid, pouco menos de 4h de viagem.



Acompanhem o resto da nossa Spanish Roadtrip 2021.

Vejam as várias partes desta aventura

Parte #1 (13 a 15) - Jerez de La Frontera, Cádis e Puerto de Santa Maria

Parte #2 (15 a 17) - Granada

Parte #3 (17 a 20) - Valencia

Parte #4 (20 a 23) - Barcelona

Parte #5 (23 a 26) - Saragoça, Bilbao e San Sebastian

Parte #6 (26 a 29) - Madrid

Espanha '21 - Onde dormir

14 visualizações0 comentário